Ações

Capitania de Icatu

De Atlas Digital da América Lusa

A Capitania do Icatu, assim aparece no primeiro documento[1], datado do dia 10 de março de 1729, que faz referência a essa região por essa terminologia.
Certidão comprovativa da devassa tirada por Francisco Dias Lima à Capitania de Icatu

Sua instalação ocorre em 1691, e possuía por sede a Vila de São Jacó, homônimo da sede da Capitania do Itapicuru que já estava em ruínas por essa data.[2]

A constituição da Capitania de Icatu está inserida no contexto da administração do Estado do Maranhão e Grão-Pará, ao qual era subordinada. A subordinação de Icatu se estendia à Capitania do Maranhão de acordo com o testemunho do padre João Felipe Bettendorf, em 1661, porém os dados estão abertos à dúvidas.[3]

Lista de Vilas da Capitania do Itapicuru

Vila de São Jacó

Capitania de Maranhão






Bibliografia selecionada da Capitania de Maranhão


Referências

  1. AHU-MAranhão, D.1731.
  2. LOUREIRO, Antônio José. Síntese da história do Amazonas. Manaus: Imprensa Oficial, 1978.
  3. LOUREIRO, Antônio José. Síntese da história do Amazonas. Manaus: Imprensa Oficial, 1978.



Citação deste verbete
Autor do verbete: Manoel Rendeiro
Como citar: RENDEIRO, Manoel. "Capitania de Icatu". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Capitania_de_Icatu. Data de acesso: 21 de abril de 2019.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página