Ações

Cidade de Oeiras

De Atlas Digital da América Lusa

Cidade de Oeiras

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Cidade de Oeiras
Populacao > Cidade
1761 1808
Oeiras
Governo > Cabeça de Comarca
1761 1808
por João Pedro Galvão Ramalho
Este site foi criado em uma Universidade Federal (UnB) e produz conteúdo de qualidade para todos (com a participação de diversos professores de outras instituições federais!).
Valorize esse patrimônio!
Diga não aos cortes!


A Cidade de Oeiras tem seu início em 19 de junho de 1761, quando por decreto real[1] a Vila de Mocha recebe os privilégios de cidade. Segundo Odilon Nunes, ao ser alçada como cidade, mocha recebe o nome de Oeiras porque o governador da capitania a época, Pereira Caldas, quis fazer uma homenagem ao ministro Sebastião José de Carvalho, que era o Conde de Oeiras, e iria se tornar o Marquês de Pombal.[2]Em 1762, Oeiras tinha 270 fogos e 1120 pessoas. [3] Oeiras permanece como capital por todo o período colonial.


Referências

  1. AHU- Piauí. D.457.
  2. Nunes, Odilon. Pesquisas para a História do Piauí.Vol. 1. Piauí: Imprensa Oficial do Estado do Piauí, 1966. p.181.
  3.  Silva Filho, Olavo Pereira da. Carnaúba, pedra e barro na capitania de São José do Piauhy / Olavo Pereira da Silva Filho. - Belo Horizonte : Ed. do Autor, 2007. p.34.



Citação deste verbete
Autor do verbete: João Pedro Galvão Ramalho
Como citar: GALVÃO RAMALHO, João Pedro. "Cidade de Oeiras". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Cidade_de_Oeiras. Data de acesso: 18 de agosto de 2019.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página