Ações

Evento: Seminário do modo o mais fácil e o mais exacto de fazer as cartas geográficas

De Atlas Digital da América Lusa

Poster evento.png




Dia 6 de maio - 13h45 - Auditório da BCE

Palestra de abertura (14h)

  • Prof. Dr. Jorge Cintra (USP)

História das medições de longitude no Brasil


Comunicações (15h)

  • Fabiana Leo (UFMG)

O quilombo como fronteira: rebeldia escrava e administração colonial, Minas Gerais, século XVIII

  • Carmem Rodrigues (UFMG)

Nova arte de fazer mapas: o georreferenciamento e as convenções cartográficas modernas

  • Allan Kato (USP)

Cartografando as gentes de São Paulo (1809)

  • Leon Azevedo (UnB)


Palestra de encerramento do primeiro dia (17h)

  • Prof. Dr. José Flávio Castro (PUC-Minas)

Georreferenciamento e vetorização de mapas do século XVIII


Dia 7 de maio - 8h - Área externa da BCE


Expedição de mapeamento de parte do campus da UnB usando

técnicas da obra de Manuel de Azevedo Fortes


Dia 7 de maio - 13h30 - Auditório da BCE

Palestras de abertura (13h40)

  • Prof. Levy Pereira (NLC)

O georreferenciamento do mapa do Brasil Holandês de Georg Marcgrave

  • Prof. Dr. Carlos Ziller (UFRJ)

Manuel de Azevedo Fortes e a formalização da engenharia no Século das Luzes


Comunicações (15h40)

  • Gustavo Borges de Almeida (UnB)
  • Catarina Agudo (USP)

Alagoas por Marcgrave: estudos urbanos da ocupação colonial e seus remanescentes na contemporaneidade

  • Leonardo Barleta (Stanford U.)

Cartografia digital aplicada à história


Palestra de encerramento (17h30)

  • Junia Furtado (UFMG)

"O mapa que inventou o Brasil"


Organização: Projeto Atlas Digital da América Lusa

Promoção: Departamento de História e Programa de Pós-graduação em História Social da UnB