Ações

Guaraígŭáçû ou R. đ S. Ant. Grande

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


Guaraígŭáçû ou R. đ S. Ant. Grande

Guaraiguacû

Guaraiguaçu

Guaraiguaça

'R. S. Anthony' no MBU.


Rio com barra no Oceano Atlântico, ao sul do 'Camurijĩ' (Rio Camaragibe - AL).

Porto na barra.


Natureza: rio; barra de rio; porto.


Mapas:

PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ

PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS MERIDIONALIS.


Capitania: PARANAMBVCA.


Nomes históricos: Guaraígŭáçû; Guaraiguacû; Guaraiguaça; R. đ S. Ant. Grande; St Antony gran∂e; rio de Sant'Antônio Grande; Santo Antônio Grande; R. S. Anthony; Rio Santo Antônio; St Antony.


Nome atual: Rio Santo Antonio Grande.

  • Na sua foz fica a cidade de Barra de Santo Antônio-AL.

Citações:

►Mapa PE (Albernaz, 1626/1627), plotado, 'S: Antº.', ao sul do 'Camarágiba' (Rio Camaragibe - AL).

►Mapa PE-M (IAHGP-Vingboons, 1640) #39 CAPITANIA DO PHARNAMBOCQVE, plotado, 'R. St Antony', ao sul do 'Rº. Camarajinÿ' (Rio Camaragibe - AL).

►Mapa Y-31 (4.VEL Y, 1643-1649) De Cust van Brazil tusschen Rio St. antonij Mimijn ende Cabo St. aúgústijn, plotado, 'St Antony gran∂e:', ao sul do 'Kamaragÿbÿ' (Rio Camaragibe - AL).

►Mapa PE (Orazi, 1698) PROVINCIA DI PERNAMBVCO, plotado, 'Guaraiguacû', ao sul do 'Camuriji' (Rio Camaragibe - AL).

(Laet, 1637):

@ Interrogação de Bartolomeu Peres, e situação ao redor e perto de Pernambuco, tanto ao sul como ao norte, pg. 130:

"Três léguas além está Camaragibe, um rio apenas com 7 a 8 pés de água na entrada. ...

Duas léguas além está o rio Santo Antônio. Ele não entrou nunca nele. Lá não há engenho.

Sete léguas além, há uma lagoa no interior, Alagoa chamada, ...".

@ Descrição do Brasil desde o Recife de Pernambuco ao sul até o Rio São Miguel", pelo capitão Willem Jansz, pg. 172:

"... De Camaragibe ao Rio Santo Antônio são três léguas desimpedidas. Santo Antônio é um rio limpo quando se está dentro nele, mas ao entrar não se lhe encontra a abertura. Está muito seco, de maneira que na maré baixa dificilmente entra nele uma chalupa. No entanto, muitos barcos grandes costumam chegar ali, descarregando na rada, e depois levantam-nos sem carga por meio de balsas colocadas por baixo para entrarem. Rio acima, os portugueses tiveram uma fortaleza provida de 6 peças, que foi tomada pelos nossos, com morte da guarnição, as peças levadas e o edifício destruído. Esta terra de Camaragibe a Santo Antônio é plana, sem colinas. A abertura do Rio Santo Antônio reconhece-se pelo morro redondo que deve permanecer a oeste, e logo se pode avançar para ele; mas em navios grandes com calado de 10 a 12 pés deve ter-se muito cuidado, porque mais de meia légua grande da costa há um recife subaquático.

De Santo Antônio Grande a Santo Antônio Mirim são duas léguas. Sua entrada não é apta para qualquer tipo de barcos ou iates.

De Santo Antônio Grande ao Rio da Alagoa são 2 léguas.".

(Nassau-Siegen; Dussen; Keullen - 1638), pg. 78:

"Tem, também, rios próprios para barcos e embarcações pequenas, como o das Jangadas, de Sirinhaém, Formoso, Una, Camaragibe, Santo Antônio Grande, as Alagoas, São Miguel e Rio São Francisco, o qual, apesar de ser um grande rio, não tem barras ou portos capazes.

Esses rios, por caudalosos que sejam no interior das terras, têm na entrada ou parcéis perigosos, que a fazem incômoda, ou bancos que, em razão da saída das águas e da forte arrebentação do mar, se têm formado diante da maior parte dos rios desta costa.".

(Dussen, 1640), pg. 140:

"RIOS DE PERNAMBUCO

Além dos que já foram referidos acima, ainda há, na extensão do litoral de Pernambuco, muitos rios navegáveis em ambas as direções para barcos costeiros, a saber: rio das Jangadas a 4 milhas ao Sul do Recife, rio Sirinhaém, rio Formoso, rio Una, rio das Pedras ou Pôrto Calvo, Camaragibe, Santo Antônio Grande, onde podem entrar navios de porte médio, ...".

(Margrave, 1640), ITINERÁRIO, pg. 201, registra que os caminhos:

  • da 'A praia', onde há 'Um pequeno pasto em uma varzeazinha.', até o 'Rio Guaraiguaçu ou rio de Sant'Antônio Grande', percorre-se em 1 3/4 h;
  • do 'Rio Guaraiguaçu ou rio de Sant'Antônio Grande', que 'atravessa-se em canoa e também se pode vadear em maré baixa', até 'Rio Jaçapucaia', percorre-se em 1 1/2 h de viagem.

(Câmara Cascudo, 1956), pg. 165:

"Na pars borealis o primeiro rio é o Guaraiguaçu ou Sant'Antônio Grande, com dois afluentes pela esquerda, o Tagiba e o Água-Fria. Pela direita vem o Ietitiba, cujo sub-afluente, nos limites do mapa onde corre uma serrania, é o Caipiranga, paralelo à costa; o Guiratingapri ou Rio Castanha, também com as águas do Aramariji. No Guiratingapri cai o Tapamondé e, entre ambos, sobem serras, ao pé das quais há uma indicação: — Iapera d'Angola. Será o quilombo velho que Roulox Baro em 1644, e Johan Blaer e Jurgens Reijmbach, no ano seguinte, tentaram destruir inutilmente? Outro afluente do Guaraiguaçu é o Iunuçu.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Guaraígŭáçû ou R. đ S. Ant. Grande". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Guara%C3%ADg%C5%AD%C3%A1%C3%A7%C3%BB_ou_R._%C4%91_S._Ant._Grande. Data de acesso: 20 de setembro de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página