Ações

I. Itâmaracâ

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


I. Itâmaracâ

'I. Tamarica' no MBU.

Ilha costeira no sul d'A CAPITANIA DE ITÂMARACÂ.'.


Natureza: ilha marítima.


Mapa: PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ.


Capitania: ITÂMARACÂ.


Nome atual: Ilha de Itamaracá.


Nomes históricos: I. Itâmaracâ (tamanaquá, Tamaraca, Tamarica, Tammarica; Tammarÿca), Ylha de fernão buquo.

Cedeu seu nome à Capitania de Itamaracá.

Citações

►Mapa IT (Albernaz, 1626/1627) CAPITANIA DE ITAMARACA, plotada, 'ilha de Tamaraca'.

►Mapa IT (IAHGP-Vingboons, 1640) #43 CAPITANIA DE I. TAMARICA, plotada com detalhes, sem nome; topônimo citado no título do mapa, 'I. TAMARICA'.

►Mapa Y-45 (4.VEL Y, 1643-1649) De Cust van Brazil tusschen Ponto Pommarel ende Cabo Blancko, plotada, 'Tammarÿca:'.

►Mapa (HET EYLANT I. TAMMARICA, 1648), plotada em toda sua extensão, detalhando as edificações existentes e o plano de assentamento com colonos europeus de Sigmund Von Schoppe (Sigismundo Von Schkoppe).

►Mapa IT (Orazi, 1698) PROVINCIA DI ITAMARACÁ, plotada, 'ITAMARACÁ'.

►Mapa PE (Orazi, 1698) PROVINCIA DI PERNAMBVCO, plotada, 'Itamaraca'.

(Dussen, 1640), pg. 164:

"A Ilha de Itamaracá tem poucas terras férteis e nestas estão os engenhos e canaviais; o resto é devastado pelas formigas, de modo que muito pouco se consegue colher e o lavrador tem sempre prejuízos; somente melões e culturas semelhantes são ali encontrados em abundância e também as mais belas uvas do Brasil. ".

(Câmara Cascudo, 1956), pg. 185:

"Na ilha de Itamaracá, com o Forte de Orange (Zuyder gadt), Barleu não menciona o canal de Itapissuma que a separa do continente.

...

Na ilha de Itamaracá os rios são o Tamaracá, para o norte, o Curemáí, e o Carapitangí para oeste, o rio d'Ambre (Âmbar) para o sul e o Iaguari (Jaguarí ) para leste.".

Notas:

  • O mapa de Jorge Marcgrave desenha todos os canais que envolvem a ilha, inclusive o canal de Itapissuma, denominando-o 't Noorder gadt' (Barra do Norte), assim como denomina o Canal de Santa Cruz (Rio Jussará) de 'Zuyder gadt' (Barra do Sul).
  • A orientação do BQPPB é norte à direita, sul à esquerda, oeste acima, leste em baixo, na carta. Na segunda frase da citação acima entenda-se oeste = sul, sul = leste, leste = norte.
  • Não se localizou, neste estudo, o rio Tamaracá, para o norte. Possivelmente Tamaracá = Iararica e norte = oeste.

(Pereira da Costa, 1951), Volume 1, Ano 1516, pg. 87:

"Em um Roteiro português, de 1570, do qual existe uma cópia no Museu Britânico, de Londres, a ilha de Itamaracá figura com o nome de Pernambuco, como se vê de uma legenda assim lançada: "Ylha de fernão buquo que se chama na língua dos índios tamanaquá, e chama-se fernão buquo, o velho, porque esteve aly primeyro hua fortaleza d'el-rey".".

(Melo, 1931), pg. 202:

"ITAMARACÁ — (Ilha) — C. itá-maracá, maracá, ou chocalho de metal, o sino, a campa". (Th. S., 132) — A. C.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "I. Itâmaracâ". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/I._It%C3%A2marac%C3%A2. Data de acesso: 31 de março de 2020.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página