Ações

Iequea guaçu Klip riuier

De Atlas Digital da América Lusa

(Redirecionado de Iequea (rio))

Coleção Levy Pereira


Iequea

Iequea guaçu Klip riuier

Rio com barra no Oceano Atlântico ao sul do 'Çenembĩ ou R. de S. Miguel' (Rio São Miguel).


Natureza: rio; barra de rio.


Mapa: PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS MERIDIONALIS.


Capitania: PARANAMBVCA.


Nomes históricos: Rº Giquia; Rº giqúia; Jiquiá; Iequia; Rio Jequeá; Iequea; Iequea guaçu; Iequeaguaçu; lucuriau; Klip riuier.

O porto na Barra do Jequiá, citado em (Sousa, 1587), era conhecido como Porto Novo dos Franceses.


Nomes atuais:

  • Rio Jequiá, no baixo curso, a jusante da Lagoa Jequiá;
  • Rio Ipoca ou Rio Jequiá, a montante da Lagoa Jequiá, até a junção com o Rio Jequiazinho;
  • Rio Jequiá Grande ou Rio Calogi, no alto curso até a junção com o Rio Jequiazinho.

Citações:

Benjamin N. Teensma traduziu: "klip = rocha; klip riuier = rio das rochas, ou das pedras".

►Mapa RSF (Albernaz, 1626/1627) RIO DE SÃO FRANCISCO, plotado, rio proveniente da lagoa assinalada com as letras N, 'N - lagoa chamada de lucuriau cõ terras e montes'.

►Mapa BA (IAHGP-Vingboons, 1640) #36 CAPITANIA DO BAHIA DE TODOS SANCTOS, plotado, 'Rº Giquia' (Rio Jequia) , barra ao norte da 'Pª. ∂Ԑ wipԐua.' (Pontal do Peba) e a barra do 'Rº. St Migull' (Rio São Miguel).

►Mapa BRASILIA (IAHGP-Vingboons, 1640) #38 CAERTE VAN BRASILIA plotado, 'R. Giquia' (Rio Jequiá), barra ao sul da do 'St. MiguԐll' (Rio São Miguel).

►Mapa PE-M (IAHGP-Vingboons, 1640) #39 CAPITANIA DO PHARNAMBOCQVE, plotado, 'Rº Giquia.' (Rio Jequiá), com barra ao sul da barra do 'R. St. MiguԐll.' (Rio São Miguel).

►Mapa Y-25 (4.VEL Y, 1643-1649) De Cust van Brazil tusschen Rio Vassabara ende Rio St. Antonij Mimijn, plotado, 'Rº giqúia:' (Rio Jequiá), com foz ao sul da barra do 'Rº St. Mighiel' (Rio São Miguel).

(Sousa, 1587), pg. 60:

"Do rio de São Miguel ao porto Novo dos Franceses são duas léguas, defronte do qual fazem os arrecifes que (vão correndo a costa), uma aberta por onde os franceses costumavam entrar com suas naus, e ancoravam entre o arrecife e a terra por ter fundo para isso, onde estavam muito seguros, e daqui faziam seu resgate com o gentio. Do porto Novo dos Franceses ao de Sepetiba é uma légua, do qual ao rio de Currurupe são três léguas em o qual entram navios da costa, cuja terra ao longo do mar é fraca, mas para dentro duas léguas é arresoada.".

(Margrave, 1640), ITINERÁRIO, pg. 202-203, registra que os caminhos:

  • da 'Lagoa Jacareauca', que 'Aqui deve-se caminhar pelo interior, em geral paralelamente à praia', até 'que se chegue a uma grande planície de cajueiros', percorre-se em 3/4 h;
  • da 'grande planície de cajueiros', que 'Perto daí há uma grande lagoa chamada Jequeá, abundante de peixes. Na planície há pasto para os cavalos, mas, água má, paludosa, para se beber.', 'Daí, procurando a praia', percorre-se em 3/4 h;
  • 'Seguindo-se pela praia', até o 'Rio Jequeá (Jiquiá)', percorre-se em 1/2 h;
  • do 'Rio Jequeá (Jiquiá)', que é 'Cheio de parcéis na foz. De baixa mar passa-se a pé sobre os parcéis junto ao mar e a cavalo um pouco mais para dentro.', até o 'Rio Ipoxi', percorre-se em 3/4 h de viagem.

(Bullestrat, 1642), relatando suas atividades em janeiro de 1642, pg. 169:

"A 6, cavalgamos ao longo do passo do Governador, pela beira-mar, e chegamos ao rio Coruripe e tivemos que esperar pela vazante para atravessá-lo; após a travessia andamos cerca de 4 milhas e repousamos em uma mata até cerca das 11 horas da noite; voltando a cavalgar, prosseguimos até o rio Pochi que estando em maré alta, tivemos que esperar até pouco além de uma hora e, transposto ele, seguimos para poder atravessar o rio Jiquiá ainda com a vazante; chegamos a ele por volta das 3 horas e, depois de atravessá-lo e alcançar os campos de Jiquiá, esperamos pelo romper do dia (51).".

(Câmara Cascudo, 1956), pg. 163:

"Há uma enseada, Agoapetiba, hibridismo curioso, e, subindo pela costa, Ipoxi, o Poxim, e Iequeaguaçu, desaguadouro do rio Iequia, com a lagoa ampla, Iequea, Jequiá, onde se juntavam as águas dos rios, o Jequiá e o Urubutinga.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Iequea guaçu Klip riuier". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Iequea_gua%C3%A7u_Klip_riuier. Data de acesso: 25 de maio de 2020.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página