Ações

Ipopóca

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


Ipopóca

Ipapoca

Ĩbopóca

Rio com foz na 'Abĩaĩ' (Lagoa do Abiaí).


Natureza: rio.


Mapas:

PRÆFECTURÆ DE PARAIBA, ET RIO GRANDE;

PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ.


Capitania: PARAIBA.


Nomes atuais:

  • Riacho do Calaço, no alto curso;
  • Rio Taperubus, no médio curso;
  • Rio Popócas, no baixo curso.


Nomes históricos: Ipopóca (Ipapoca, Ĩbopóca, PapoԐoqua, Papotquos).

Plotado com o topônimo 'Ipopóca' e 'Ipapoca' no PRÆFECTURÆ DE PARAIBA, ET RIO GRANDE;

plotado com o topônimo 'Ĩbopóca', no PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ.

Citações:

►Mapa IT (Albernaz, 1626/1627), plotado como rio 'Auíjaýa', foz no Oceano.

  • Nota: ao norte desse rio, está plotado outro com foz no Oceano, o 'Rio Taperobu', algo impreciso. Atualmente considera-se o 'Auíjaýa' (Abiaí) e o 'Rio Taperobu' (Rio Taperubus) pertencentes à mesma bacia.

►Mapa IT (IAHGP-Vingboons, 1640) #43 CAPITANIA DE I. TAMARICA, plotado como rio, 'Rº. PapoԐoqua', com foz na lagoa 'Alagoa Auiaÿ' (Lagoa do Abiaí).

►Mapa PB (IAHGP-Vingboons, 1640) #49 CAPITANIA DE PARAYBA, plotado como rio, 'Rº. PapoԐoqua', com foz em lagoa sem nome (Lagoa do Abiaí).

►Mapa Y-45 (4.VEL Y, 1643-1649) De Cust van Brazil tusschen Ponto Pommarel ende Cabo Blancko, plotado, sem nome, tendo à sua margem a 'A Avaÿa', com foz numa lagoa, sem nome, reconhecível como a Lagoa do Abiaí.

A aldeia de brasilianos 'A Avaÿa', Aldeia Abiá, ou Abiaí, é a aldeia denominada 'Vrutaguĩ' no BQPPB e 'Ortagwy' no PB (IAHGP-Vingboons, 1640) e em outros documentos neerlandeses como Butagui, Urutagui, Uritagui, localizando-se, no BQPPB, na m.e. do rio Popocas. Essa aldeia situava-se na atual área urbana de Alhadra-PB.

►Mapa IT (Orazi, 1698) PROVINCIA DI ITAMARACÁ, plotado como 'R Papotquos', em cuja m.e. está a aldeia 'Orragui', e desagua na 'Alagoa Auiaÿ'.

(Herckmans, 1639) RIAHGP, pg. 257-258:

"Este rio desemboca no mar, e já então não se chama mais Taperobú, e sim Popoca; não fica longe daí o porto Frances, o qual é o primeiro onde os franceses foram fazer o seu tráfico com os Pitiguares ou naturais da terra.".

(Câmara Cascudo, 1956), pg. 218:

"O Abiai (Abiai) desce de lagoa onde caem os rios ... , Ipopoca (Alhandra), com dois afluentes, o Taperobi pela esquerda, e o Camaçarimiri pela direita, o Capiçura (Capissura) e, abaixo, o Itaobi.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Ipopóca". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Ipop%C3%B3ca. Data de acesso: 14 de outubro de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página