Ações

Itu

De Atlas Digital da América Lusa

Itu

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Nossa Senhora da Candelária de Itu
Populacao > Capela
1610 1643
Nossa Senhora da Candelária de Itu
Populacao > Capela Curada
1643 1653
Nossa Senhora da Candelária de Itu
Populacao > Freguesia
1653 1657
Itu
Populacao > Vila
1657 1709
Itu
Populacao > Vila
1709 1718
Itu
Populacao > Vila
1718 1808

A Vila de Itu, também chamada de Vila de Nossa Senhora da Candelária de Itu ou Vila de Nossa Senhora da Candelária do Outú Guaçú, foi fundada em 1654 por ordens do Conde de Monsanto [1]. Pedro Taques informa que a Vila de Nossa Senhora da Candelária de Itu foi povoação do paulista Domingos Fernades com seu genro Cristóvão Diniz que conseguiram de Dr. Mateus da Costa Amoriam e do seu sucessor Antônio de Mariz Loureiro, autoridades apostólica da diocese do Rio de Janeiro, a provisão em 1653 para erigir uma capela curada [2].

Segundo as Notícias do Bispado do Rio de Janeiro, de 1687, a vila contava com 300 fogos com duas mil pessoas de comunhão [3]


Referências

  1. (Araújo, 1820)
  2. LEME, Pedro Taques de Almeida Paes. História da Capitania de São Vicente. Brasília: Senado Federal, 2014. p.129
  3. Notícias do Bispado do Rio de Janeiro



Citação deste verbete
Autor do verbete: Lana Sato
Como citar: SATO, Lana. "Itu". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Itu. Data de acesso: 16 de dezembro de 2018.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página