Ações

Mongorippe

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira

Mongorippe

Rio (ponta, baía) entre 'R. Catu' (Rio Catu) e ''S._Seba∫tian' (Forte São Sebastião).


Natureza: rio; ponta (cabo); baía (enseada).


Mapa:

MARITIMA BRASILIÆ UNIVERSÆ.


Capitania: Siara, sem nome no MBU.


Nomes históricos: Mongorippe; Mongoripo; Pontal do Mocuripe; E. do Mocuripe; Baie de Mocaripé; Baye Mucuriba; Mocuripa; Mucuru; Mucuriba; R. MongorippԐ; Riacho Corrente.


Nome atual: Rio Mucuripe - Pontal do Mucuripe - Enseada do Mucuripe.

Citações:

►Mapa CE (IAHGP-Vingboons, 1640) #53 CAPITANIA DO ZIERA, plotado, 'R. MongorippԐ', entre 'R. Coco' (Rio Cocó) e 'Fort St. ßastia' (Forte São Sebastião).


►Mapa Y-59 (4.VEL Y, 1643-1649), plotado como rio,'Mongoripo', entre 'Rº Koko:' (Rio Cocó) e 'St. Bastian' (Forte São Sebastião).


Mapa CAPITANIA DE SIARA (4.VEL 2156, 1649), assinalado com o número 1, 'Hier ʃÿn wij Ԑԑrft gԑarrvԑԑrt mԑt ous vaԑrmÿghta∂t βaÿ Múcúriba tԑn Anchԑr', (1 — neste lugar aportamos com a nossa expedição lançando ferro na Baía Mucuriba).


Mapa CAPITANIA DE SIARA MS. Clarendon 92 fol. 179a, plotada, 'Baye Mucuriba' (Baía de Mucuripe), entre o 'Ryo Coco' (Rio Cocó) e o 'Ryo Siara' (Rio Ceará).


►Mapa CE-RG (Orazi, 1698) PROVINCIE DI SEARÁ E RIO GRANDE, plotado, 'Mocuripa', entre 'R. koko' (Rio Cocó) e 'Searà' (Rio Ceará).


►(CARTA DA CAPITANIA DO CEARÁ LEVANTADA POR ORDEM DO GOVERNADOR MANOEL IGNACIO DE SAMPAIO, Por seu Ajudante de Ordens Antonio Joze da Silva Paulete - 1818), plotada, 'Pontal do Mocuripe' e 'E. do Mocuripe', entre a 'Villa da Fortaleza' (Fortaleza-CE) e a 'B. do Cócó' (Barra do Rio Cocó).


►(Carta Chrorographica da Provincia do Ceará, organisada pelo Dr. Pº. Theberge, 1861), plotada, 'Ponta de Mocoripe', entre 'Rº Coco' (Rio Cocó) e 'Fortalesa' (Fortaleza-CE).


►Mapa (EB - SGEx, 1945) Carta da Cidade de Fortaleza e Arredores - Folha 3, plotado, 'Riacho Corrente'.


(Laet, 1637), Descrição da costa do noroeste de Brasil entre Pernambuco e Rio Camocipe, do Relatório dos brasilianos, pg. 143, cita-a como Mucuru:

"Seis léguas além, encontra-se Uguaguasu, sem gente e sem água fresca. Onze léguas além encontra-se a baía Mucuru, onde esteve João Baptista Sijens,1 que no seu diário escreve o seguinte a respeito dela:

«Ano 1600, 21 de novembro, chegamos à rada de Mucuripe. Encontramos grande quantidade de selvagens, dos quais 19 principais vieram a bordo do nosso navio, trazendo algumas galinhas e fios de algodão. ...»

A uma légua de Mocuru encontra-se o rio Ceará, com água fresca. Podem entrar nele os iates, desde que não sejam muito grandes, porque os maiores ficariam melhor assegurados na Baía de Mocuru, onde nos podemos comodamente defender e fortificar.

A quatro horas de Mocuru fica a cidade deles: Tapirugh, com dois principais; um que se chama Kiaba e o outro Vawassouw.

...

1 Para o Diário de 1600 de J. B. Sijens, ver pág. 57 a 59 do Roteiro de Hessel Gerritsz de 1629 na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.".

  • → A nota (1) acima é de autoria do prof. Benjamin Teensma, que transcreveu e traduziu os documentos em (Laet, 1637).


(Beck, 1649), pg. 342, relatando a chegada da frota em abril de 1649 em Mucuriba:

"A 2, no quarto d'alva, levantamos os ferros, e velejamos todo o dia ao longo da costa até fundearmos em frente à Baía de Igoá; ...

Ao romper do dia 3 levantamos âncoras e velejamos a meio pano à espera das embarcações pequenas. Por volta do meio-dia chegamos todos à baía de Mucuriba que, segundo fui informado, é o sítio mais próximo e capaz para ancoradouro dos nossos iates: dista do Siara obra de três léguas.".


(Prevost, 1757), pg. 242:

"La Baie de Mocaripé est par les 3 degrés 40 minutes. On trouve ensuite, à peu de distance, le Pais de Ciara, où les Portugais commencerent à s'établir vers le milieu du dernier siecle, & qu'Oliveira compte entre les Capitainies du Bresil.".


(Câmara Cascudo, 1956), pg. 277:

"Os topônimos cearenses, do esboço de Matías Beck, são poucos. Vão a trinta. Referem-se à baía Mucuriba (Mucuripe), ...".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Mongorippe". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Mongorippe. Data de acesso: 21 de outubro de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página