Ações

Paranamírí (campina)

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


Paranamírí

Campina, ou região de campos, entre 'Os ∫ete montes' (dunas do Parque da Cidade, em Natal-RN) e o 'Apetimbu' (Rio Pitimbu).


Natureza: campina.


Mapa: PRÆFECTURÆ DE PARAIBA, ET RIO GRANDE.


Capitania: RIO GRANDE.


Nome histórico: Paranamírí.


Nome atual: ...

Possivelmente é a área oeste da cidade de Natal-RN, onde situa-se o bairro Cidade Satélite.


Notas:

Paranamiri, no BQPPB, pode representar um entre dois entes geográficos:

a) A campina no trecho do caminho entre Natal e o rio Apetimbu (atual Rio Pitimbu), situada entre 'Os ∫ete montes' (trecho de dunas elevadas) e esse rio, correspondendo à área do atual Conjunto Satélite;

b) A lagoa situada entre os dois morros do lado norte no 'Os ∫ete montes', pela sua etimologia, mas sem outros elementos para apoio a esta hipótese..

O que não representa, no BQPPB:

- a área da atual cidade de Parnamirim-RN, pois 'Paranamiri' esta na margem esquerda do rio Apetimbu (atual Rio Pitimbu);

- a lagoa ao norte do Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim-RN, porque esta lagoa esta na mesma situação geográfica daquela cidade.

O fato é que, apesar disso, a denominação deste topônimo sobreviveu no nome do município e cidade de Parnamirim-RN.

Citações

(Câmara Cascudo, 1956):

@ pg. 247:

"Para leste corriam os sete montes, hoje vinte e um morros de areia, cobertos de vegetação, emoldurando a Cidade que Frei Vicente do Salvador chamou Cidade dos Reis (70). Passa a estrada que levava à lagoa de Paranamiri, Parnamirim, dezoito quilômetros de Natal. (71)

(71) Paranamirim não é rio, como o nome indica, mas uma pequenina lagoa, num plaino esplendido que adivinhava o futuro campo de aviação de universal renome. Em 1927 o coronel do Exercito Luis Tavares Guerreiro indicou-o aos aviadores da Compagnie Generale Aeropostale, sucessora da Latecoère. O desenvolvimento subseqüente, com as bases de várias companhias de transporte aéreo, firmou a possibilidade de uma instalação definitiva, como se verificou. Hoje é vila, pertencente ao município de Natal, sede da F. A. B. e durante a guerra foi elemento decisivo como campo de reforço, abastecimento e reparo. Em 1643 Paranamiri era caminho usual. Continua sendo... Fiz uma pequena história do campo de Parnamirim na HISTÓRIA DA CIDADE DO NATAL, XLII, From Parnamirim Field, Natal, 1947.".

@ pg. 251:

"Há caminhos que levam a todos esses pontos. A estrada-real, que vinha de Pernambuco a Natal, ia pelos sete montes e Paranamiri (Parnamirim), vale do Cajupiranga até Pitimbu (onde havia morada) e se unia a um ramal vindo da "Cidade Nova" misteriosa para minhas tentativas de localização.".

(Câmara Cascudo, 1968), pg. 112:

"PARNAMIRIM:- ... De paranã-mirim, rio pequeno, riozinho. ...".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Paranamírí (campina)". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Paranam%C3%ADr%C3%AD_(campina). Data de acesso: 4 de junho de 2020.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página