Ações

Santarém - Capitania da Bahia

De Atlas Digital da América Lusa

Santarém - Capitania da Bahia

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Vila de Santarém - Capitania da Bahia
Populacao > Vila
1758 1808

Santarém originou-se de uma aldeia indígena às margens do rio Serinhaém e foi elevada a vila a partir da Lei do Diretório dos Índios do Maranhão, realizada pelo rei de Portugal D. José I na década de 1750.[1] A elevação se deu por Ordem Régia de 27 de dezembro de 1758 e tem sua base econômica de exportação concentrada em cacau, café, farinha e piaçava.[2]

No Arquivo Histórico Ultramarino há referência à vila de Santarém, no Arcebispado da Bahia, datada de 1759. Trata-se de uma consulta da Mesa da Consciência ao rei D. José I sobre o provimento da vigararia de São Miguel e Santo André da vila da Nova Santarém.[3]


Referências

  1. MOTT, L. Bahia: inquisição e sociedade [online]. Salvador: EDUFBA, 2010. P. 214.
  2. PINTO, Alfredo Moreira. Apontamentos para o diccionario geographico do brasil. Rio de janeiro: Impr Nacional, 1899. 3 v. p.491.
  3. AHU-Bahia, D.10757.



Citação deste verbete
Autor do verbete: Vinicius Maluly
Como citar: MALULY, Vinicius. "Santarém - Capitania da Bahia". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Santar%C3%A9m_-_Capitania_da_Bahia. Data de acesso: 13 de dezembro de 2018.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página