Ações

Tĩuru (riacho)

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


Tĩuru

Riacho afluente m.d. do 'Potĩjĩ ou Rio grande' (Rio Potengi-Rio Grande).


Natureza: riacho.


Mapa: PRÆFECTURÆ DE PARAIBA, ET RIO GRANDE.


Capitania: RIO GRANDE.


Nome atual: Rio do Baldo.


Nomes históricos: Tĩuru, Tiuru, Tissuru, Tiçuru, Rio da Cruz, Rio da Bica, Rio de Beber, Rio do Baldo.

Etimologia

termo de origem tupi, possivelmente correlacionado a tyuru, a bexiga, termo este está no dicionário do Pe. Manoel Moraes, (Margrave, 1648), pg.276.

Há outra interpretação por Câmara Cascudo, abaixo.

Citações

►Mapa RG (IAHGP-Vingboons, 1640) #51 CAPITANIA DE RIO GRANDE, plotado como rio, sem nome, desaguando no 'Rio Gran∂e'. Nessa foz, está a cidade de 'natall'.

(Nieuhof, 1682), pg. 88:

"Ainda um pouco mais ao norte encontra-se o rio Ceará Mirim, e perto da aldeia de Natal e do forte dos Reis passa um rio conhecido por Rio da Cruz que nasce de um pequeno lago no Rio Grande.".

(Câmara Cascudo, 1947), pg. 31:

"A cruz do sul fincou-se no declive do Baldo, margem de um córrego ainda resistindo e visível, rio do Baldo, o velho Rio da Bica, Rio de Beber, o Tiuru de George Maregrave, Tissuru na Des¬crição de Pernambuco em 1746. É a Santa Cruz da Bica, guardados os fragmentos dentro do Cruzeiro que está erguido na praçuela lateral.".

(Câmara Cascudo, 1956), pg. 246:

"Subindo o Potengi, da foz para as nascentes, logo após a Cidade, está o Tiuru, Tiçuru diz a "Descrição de Pernambuco em 1746", donde bebe o povo da Cidade. É o Rio da Bica, o mesmo Rio do Baldo, ainda hoje existente em seus filetes humildes.".

(Câmara Cascudo, 1968), pg. 127:

"TIÇURU:- Rio da cidade do Natal, depois RIO DO BALDO (1761), atravessando a Praça Carlos Gomes. Era a principal fonte de abastecimento d'água para os moradores durante mais de dois séculos. Em sua vizinhança ficou a CRUZ DA BICA, limite sul do sítio da Cidade, e que se tornou centro de devoção popular, a Santa Cruz da Bica, com festas em 3 de maio. De ti-ruçu, água grande, Alt. Tiuru.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Tĩuru (riacho)". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/T%C4%A9uru_(riacho). Data de acesso: 25 de maio de 2022.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página