Ações

Capitania de Mato Grosso

De Atlas Digital da América Lusa

A Capitania de Mato Grosso foi uma capitania do Estado do Brasil entre os anos de 1748 e 1822.

Tabela de conteúdo

Histórico

O território referente à capitania era, de acordo com a divisão prevista no Tratado de Tordesilhas (1494), subjugado ao domínio da Coroa espanhola, porém, devido a investidas de bandeirantes paulistas na região, a área passou a ser explorada pela capitania de São Paulo.[1] Essa exploração se intensifica com a descoberta de ouro, que gera um fluxo migratório para a localidade, havendo o crescimento da região ao entorno dos focos de mineração.[2] A concentração de habitantes na área gerou um problema de abastecimento e, para suprir esse novo mercado, deu-se início às Monções, que consistiram em expedições fluviais povoadoras e comerciais.[3]

A capitania de Mato Grosso foi criada em 9 de maio de 1748, através de uma Carta Régia que a separava da Capitania de São Paulo.[4] Apesar de fixar as suas fronteiras no oriente com as outras capitanias, não havia referência à delimitação de fronteiras ao ocidente, território sob domínio espanhol.[5] Uma Carta Régia expedida pela Coroa em janeiro 1749 mostrava a preocupação com a presença espanhola, principalmente na navegação e pesca no rio Guaporé.[6] O nome Mato Grosso deriva de uma das minas da região de mesmo nome.[7]

Dom Antônio Rolim de Moura Tavares foi nomeado pela Carta Régia de 22 de setembro de 1748 para ser Governador e Capitão Geral da nova capitania. após tomar posse do cargo em 1751, fundou, em 19 de março de 1752, a Vila Bela da Santíssima Trindade, nova sede do governo da capitania, localizada na margem direita do rio Guaporé.[8] Com a Independência do Brasil em 7 de setembro de 1822, a capitania de Mato Grosso tornou-se uma Província do Império Brasileiro.[9]

Governadores e Capitães gerais da capitania de Mato Grosso[10]

Dom Antônio Rolim de Moura Tavares

Tenente Coronel João Pedro da Câmara

Luís Pinto de Souza Coutinho

Luís de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres

João de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres

Caetano Pinto de Miranda Montenegro

Manoel Carlos de Abreu Menezes

João Carlos Augusto D'Oeynhausen de Grevenbourg

Francisco de Paula MAgessi Tavares de Carvalho


Lista das Vilas da Capitania de Mato Grosso

Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuyabá

Vila Bela da Santíssima Trindade

Vila Maria do Paraguai

São Pedro del Rei

Vila de Casal Vasco


Capitania de Mato Grosso






Bibliografia selecionada da Capitania de Mato Grosso


Referências

  1. MENDONÇA, Rubens de. Historia de Mato Grosso (Através dos seus Governadores). 1967.
  2. MENDONÇA, Rubens de. Historia de Mato Grosso (Através dos seus Governadores). 1967.
  3. GODOY, S. A. de. Itu e Araritaguaba na Rota das Monções (1718 a 1838). 2002. 235 f. Dissertação (Mestrado em História econômica) - Instituto de Economia da UNICAMP, Campinas, 2002
  4. MENDONÇA, Rubens de. Historia de Mato Grosso (Através dos seus Governadores). 1967.
  5. SOUZA JÚNIOR, Antônio de. Fronteiras flutuantes. Rio de Janeiro: Gráfica LAEMMERT Limitada, 1954.
  6. MENDONÇA, Rubens de. Historia de Mato Grosso (Através dos seus Governadores). 1967.
  7. SOUZA BRASIL, Thomaz Pompêo de. Compendio elementar de geographia geral e especial do Brasil. Rio de Janeiro, 1864, pág. 517
  8. SOUZA JÚNIOR, Antônio de. Fronteiras flutuantes. Rio de janeiro: Gráfica LAEMMERT Limitada, 1954.
  9. MENDONÇA, Rubens de. Historia de Mato Grosso (Através dos seus Governadores). 1967.
  10. MENDONÇA, Rubens de. Historia de Mato Grosso (Através dos seus Governadores). 1967.



Citação deste verbete
Autor do verbete: Joana Carbonesi
Como citar: CARBONESI, Joana. "Capitania de Mato Grosso". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Capitania_de_Mato_Grosso. Data de acesso: 19 de abril de 2019.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página