Ações

Caraĩ

De Atlas Digital da América Lusa

(Diferença entre revisões)
m (Substituindo texto ' {| . | align="center" style="background:#f4d485;"|'''''Citação deste verbete''''' |- |- | '''Autor do verbete:''' Levy Pereira '''Como citar:''' PEREIRA, Levy . "Substituir texto". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do A)
m (Substituindo texto 'Coleção Levy Pereira' por 'Coleção Levy Pereira')
Linha 1: Linha 1:
[[File:colecao_levy.png|link=Coleção_Levy_Pereira|Coleção Levy Pereira]]
+
{{Levy}}
  
  

Edição de 08h18min de 9 de janeiro de 2013

Coleção Levy Pereira


Caraĩ


Natureza: riacho


Mapa: PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ


Capitania: ITÂMARACÂ

Rio afluente m.d. do "Çaracunhaýa" (Rio Tracunhaem).


Nome atual: Rio Caraú.

Nome histórico:' Caraĩ (Carŭ).

Citações

►Mapa IT (IAHGP-Vingboons, 1640) #43 CAPITANIA DE I. TAMARICA, plotado como 'R. Carŭ', afluente m.d. do 'Rº. Tricquanhain'.


Nota:

o mapa IT (Orazi, 1698), que tem como base o mapa da Biblioteca do Vaticano semelhante ao IT (IAHGP-Vingboons, 1640), dá interpretação diferente, desenhando o 'R. Carŭ' como o rio 'Caracunhaya' - 'R Tricquonhai'.

Vide nossa nota para o rio 'Guacaĩ'.

►Mapa PE (Orazi, 1698) PROVINCIA DI PERNAMBVCO, plotado, 'Carai', afluente m.d. do 'Caracunhaya'.

►(Melo, 1931), pg. 189:

"CARAU (CARAHÚ) — (...) — Corr. cará-y, água ou rio dos carás — A. C.

Para Th. Sampaio é acará-ú, o bebedouro dos acarás, ou rio dos acarás. Também pode ser cará escuro. Não vejo necessidade do h — M. M.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Caraĩ". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Cara%C4%A9. Data de acesso: 25 de maio de 2020.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página