Ações

Monte Alegre

De Atlas Digital da América Lusa

(Diferença entre revisões)
m (Tiagogil moveu página Vila de Monte Alegre para Monte Alegre)
 
(Uma edição intermediária de um usuário não apresentada)
Linha 3: Linha 3:
 
A presença de foro de Freguesia na localidade ocorre após a presença catequizadora dos capuchos, com a denominação [[São Francisco de Assis]]. Entretanto a elevação a categoria de Vila é realizada em 27 de fevereiro de 1758, pelo Governador [[Francisco Xavier de Mendonça Furtado]], mudando o nome para [[Monte Alegre]].<ref>FERREIRA, João Carlos Vicente. Cidades do Pará: origem e significado de seus nomes. Belém. 2003.</ref> }}
 
A presença de foro de Freguesia na localidade ocorre após a presença catequizadora dos capuchos, com a denominação [[São Francisco de Assis]]. Entretanto a elevação a categoria de Vila é realizada em 27 de fevereiro de 1758, pelo Governador [[Francisco Xavier de Mendonça Furtado]], mudando o nome para [[Monte Alegre]].<ref>FERREIRA, João Carlos Vicente. Cidades do Pará: origem e significado de seus nomes. Belém. 2003.</ref> }}
 
[[Category:População e Território]]
 
[[Category:População e Território]]
 +
[[Category:Cidades e vilas]]
  
 
[[Category:Estado do Maranhão e Grão-Pará]]
 
[[Category:Estado do Maranhão e Grão-Pará]]

Edição atual tal como 09h36min de 21 de janeiro de 2016

por Manoel Rendeiro


A Vila de Monte Alegre foi constituída a partir da aldeia de Gurupatuba, ou Curupatuba, que após a chegada e instalação dos capuchos da Piedade ou de São José na região se tonara missão de Gurupatuba.[1]

A presença de foro de Freguesia na localidade ocorre após a presença catequizadora dos capuchos, com a denominação São Francisco de Assis. Entretanto a elevação a categoria de Vila é realizada em 27 de fevereiro de 1758, pelo Governador Francisco Xavier de Mendonça Furtado, mudando o nome para Monte Alegre.[2]


[editar] Referências

  1. LOUREIRO, Antônio José. Síntese da história do Amazonas. Manaus: Imprensa Oficial, 1978.
  2. FERREIRA, João Carlos Vicente. Cidades do Pará: origem e significado de seus nomes. Belém. 2003.



Citação deste verbete
Autor do verbete: Manoel Rendeiro
Como citar: RENDEIRO, Manoel. "Monte Alegre". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Monte_Alegre. Data de acesso: 28 de outubro de 2020.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página