Ações

Nova da Rainha - Capitania da Paraíba

De Atlas Digital da América Lusa

(Diferença entre revisões)
Linha 1: Linha 1:
{{Verbete|nome=João Pedro|sobrenome=Galvão Ramalho|verbete=A [[Vila Nova da Rainha]]  foi elevada ao título de vila, em 20 de abril de 1790.<ref>MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950,  2ª edição, p. 65.</ref> O início de sua história remonta o ano de 1670 quando [[Antônio de Oliveira]] começa a devassar a região<ref>MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950,  2ª edição, p. 65.</ref>.  A povoação do território inicia quando, em 1697, [[Oliveto Ledo]] traz uma tribo de ariás (uriás) e no ano seguinte um missionário franciscano é enviado para catequizá-los, aos poucos ao redor da aldeia começam a se reunir pessoas e a povoação é elevada [[Freguesia|Freguesia de Nossa Senhora da Conceição]] em 1769<ref>MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950,  2ª edição, p. 65.</ref>. Atualmente a vila é a cidade de Campina Grande. A primeira menção à essa vila encontrada nos arquivos do Conselho Ultramarino foi em 1801<ref>AHU-Paraíba, d, 2663.</ref>.}}
+
{{Verbete|nome=João Pedro|sobrenome=Galvão Ramalho|verbete=A [[Vila Nova da Rainha]]  foi elevada ao título de vila, em 20 de abril de 1790.<ref>MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950,  2ª edição, p. 65.</ref> O início de sua história remonta o ano de 1670 quando [[Antônio de Oliveira]] começa a devassar a região<ref>MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950,  2ª edição, p. 65.</ref>.  A povoação do território inicia quando, em 1697, [[Oliveto Ledo]] traz uma tribo de ariás (uriás) e no ano seguinte um missionário franciscano é enviado para catequizá-los, aos poucos ao redor da aldeia começam a se reunir pessoas e a povoação é elevada à [[Freguesia de Nossa Senhora da Conceição|Freguesia]] em 1769<ref>MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950,  2ª edição, p. 65.</ref>. Atualmente a vila é a cidade de Campina Grande. A primeira menção à essa vila encontrada nos arquivos do Conselho Ultramarino foi em 1801<ref>AHU-Paraíba, d, 2663.</ref>.}}
 
[[Category:População e Território]]
 
[[Category:População e Território]]
 
[[Category:Paraíba]]
 
[[Category:Paraíba]]

Edição de 12h38min de 22 de janeiro de 2015

por João Pedro Galvão Ramalho


A Vila Nova da Rainha foi elevada ao título de vila, em 20 de abril de 1790.[1] O início de sua história remonta o ano de 1670 quando Antônio de Oliveira começa a devassar a região[2]. A povoação do território inicia quando, em 1697, Oliveto Ledo traz uma tribo de ariás (uriás) e no ano seguinte um missionário franciscano é enviado para catequizá-los, aos poucos ao redor da aldeia começam a se reunir pessoas e a povoação é elevada à Freguesia em 1769[3]. Atualmente a vila é a cidade de Campina Grande. A primeira menção à essa vila encontrada nos arquivos do Conselho Ultramarino foi em 1801[4].


Referências

  1. MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950, 2ª edição, p. 65.
  2. MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950, 2ª edição, p. 65.
  3. MEDEIROS, Coriolano de. Dicionário Corográfico do Estado da Paraíba, Departamento de Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, 1950, 2ª edição, p. 65.
  4. AHU-Paraíba, d, 2663.



Citação deste verbete
Autor do verbete: João Pedro Galvão Ramalho
Como citar: GALVÃO RAMALHO, João Pedro. "Nova da Rainha - Capitania da Paraíba". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Nova_da_Rainha_-_Capitania_da_Para%C3%ADba. Data de acesso: 11 de agosto de 2020.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página