Ações

R. Cranguejo

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


R. Cranguejo

Rio interligando o 'Iuripraxaca' (Rio Jurissaca) ao 'Penderáma' (Riacho Congari).


Natureza: rio.


Mapa: PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ.


Capitania: PARANAMBVCA.


Nomes históricos: Cranguejo (Caranguejo; Crangruejo); rio do Cabo; R. ∂Ԑ PontaԐL (Rio do Pontal); RIO POVSIOVCQ (vide nota abaixo).


Nomes atuais:

  • Rio Suape (braço de rio entre o Rio Jurissaca até a foz);
  • Rio Tatuóca, parte sul, entre o 'Penderama' (Riacho Congarí) e o canal ao norte das 'I. Walcheren' (Ilha do Porto de Suape) e 'Tatunca' (Ilha Tatuoca);

Citações:

►Mapa PE-C (IAHGP-Vingboons, 1640) #40 CAPITANIA DE PHARNAMBOCQVE, barra plotada, 'R. ∂Ԑ PontaԐL.', ao sul do 'C. Do St. Agostinha'.

  • Desenhado, sem nome, afluente m.e. do 'Rº Salga∂o' (Rio Ipojuca), sem interligação com os canais que formam as ilhas 'I. WalchԐrԐn' e a Ilha Tatuóca - na sua m.e. está o 'Ԑ: Algo∂oays vԐlho' (Engenho Algodoais).

►Mapa (Laet, 1644), Afbeeldinghe van de CABO St AVGVSTIN ende Forten, detalhe da foz desenhada, 'RIO POVSIOVCQ'.

  • Nota: Considerando-se o topônimo 'POVSIOVCQ' = Ipojuca conclui-se que esse rio, cuja posição está plotada corretamente nesse mapa, apresenta erro de denominação quando comparado com mapas coevos. A foz do rio Ipojuca fica mais ao sul e corre no sentido nordeste.

►Mapa PE (Orazi, 1698) PROVINCIA DI PERNAMBVCO, desenhada, 'R. Crangruejo', ao sul do 'Cabo ᵭS. Agostinno'.

(Sousa, 1587), pg. 59:

"Até este Cabo é a terra povoada de engenhos de açúcar, e por junto dele passa um rio que se diz do Cabo (onde também estão alguns), o qual sai ao mar duas léguas do Cabo e mistura-se ao entrar do salgado com o rio do Ipojuca, que está duas léguas da banda do sul; nesse rio entram e saem caravelões do serviço dos engenhos, que estão nos mesmos rios, onde se recolhem com tempo barcos da costa.".

(Câmara Cascudo, 1956), pg. 183:

"É agora Caraguataria, onde há povoação e desagua o rio Cranguejo (Caranguejo) que vem d'uma lagoa, onde parte um rio sem nome que se prende ao Pirapama.".

(Melo, 1931), pg. 223:

"SUAPE— (Riacho e barra no Mun. do Cabo) — Corr. çoó-ape, o caminho ou a vereda da caça — A. C.

Interpretação de Th. Sampaio: sua-pe, na face, na frente, no rosto — M. M.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "R. Cranguejo". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/R._Cranguejo. Data de acesso: 19 de abril de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página