Ações

Nova de Estremoz do Norte

De Atlas Digital da América Lusa

(Redirecionado de Vila Nova de Estremoz do Norte)

Nova de Estremoz do Norte

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Aldeia de São Miguel de Guagiru
Populacao > Aldeia
antes de 1760 1760
Nova de Estremoz do Norte
Populacao > Vila
1760 1808
por Vinicius Maluly
Este site foi criado em uma Universidade Federal (UnB) e produz conteúdo de qualidade para todos (com a participação de diversos professores de outras instituições federais!).
Valorize esse patrimônio!
Diga não aos cortes!


A Vila Nova de Estremoz do Norte foi elevada a vila em 1760, sendo o primeiro povoado jesuítico a ser enquadrado na carta régia de 1759 que abolia a Companhia de Jesus e retirava do encargo religioso os domínios das povoações.[1] Antes de tornar-se vila, chamava-se aldeia de São Miguel de Guagiru e tinha abundância em cultivo e população. O responsável pela elevação foi o desembargador Bernardo Coelho da Gama Casco que também realizou outras elevações na Capitania do Rio Grande do Norte e na Capitania do Siará.[2] No Arquivo Histórico Ultramarino, a primeira referência feita à Vila Nova de Estremoz do Norte é de 1772 e se trata de um requerimento ao rei D. José realizado pelo vigário da igreja matriz da vila.[3]


Referências

  1. SANTOS, F. L. Da catequese à civilização: colonização e povos indígenas na Bahia (1750-1800). 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal da Bahia, Salvador. 2012. p. 28
  2. CASCUDO, L. C.. História do Rio Grande do Norte. Rio de Janeiro: Ministério Educação e Cultura, 1955. 524 p.
  3. AHU-D.452.



Citação deste verbete
Autor do verbete: Vinicius Maluly
Como citar: MALULY, Vinicius. "Nova de Estremoz do Norte". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Nova_de_Estremoz_do_Norte. Data de acesso: 23 de maio de 2019.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página