Ações

COPAĬBA

De Atlas Digital da América Lusa

(Diferença entre revisões)
m (Substituindo texto ' {| . | align="center" style="background:#f4d485;"|'''''Citação deste verbete''''' |- |- | '''Autor do verbete:''' Levy Pereira '''Como citar:''' PEREIRA, Levy . "Substituir texto". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do A)
Linha 60: Linha 60:
  
  
{{citacao1}} Levy Pereira{{citacao2}} PEREIRA, Levy {{citacao3}}
+
{{Citar|nome=Levy|sobrenome=Pereira}}
 +
 
 +
{{Ref|nome=Levy|sobrenome=Pereira}}
 +
 
 +
[[Category: Coleção Levy Pereira]]

Edição de 12h42min de 7 de janeiro de 2013

Coleção Levy Pereira


COPAĬBA


Natureza: região


Mapa: PRÆFECTURÆ DE PARAIBA, ET RIO GRANDE


Capitania: PARAIBA

Região serrana nas nascentes dos rios das bacias do 'Camaratĩba' e 'Mongaguaba'.


Nome atual: Chapada da Borborema, basicamente, a região de planalto nas nascentes dos rios das bacias do Camaratuba e Mamanguape.


Nomes históricos: COPAĬBA, Copaoba, Ocupaoba, Copaiba, Cupaoba.

Citações

►(Almeida, 1965), pg. 5:

"O que os primeiros habitadores da Capitania da Paraíba chamavam Copaoba ou Cupaoba, denominação que os cronistas e historiadores da época aceitaram, não foi a diminuta porção da Borborema hoje compreendida no município de Serra da Raiz, como ainda insistentemente se repete. Copaoba era todo o planalto, visível a poucas léguas do litoral quando se marchava para o interior, quer ao longo do rio Paraíba, quer do Mamanguape, os dois caminhos naturais para o devassamento dos sertões paraibanos. O acidente geográfico dividia o território da Capitania em duas partes: a Oriental, já parcialmente explorada, a ocidental, totalmente desconhecida.".


Nota:

Recomendamos a leitura integral desse artigo de Elpídio de Almeida, esclarecedor e com muitos detalhes a respeito deste importantíssimo topônimo histórico.

►(Herckmans, 1639) RIAGP, pg. 265:

"Tais são os extremos limites da região que até o presente tem sido habitada pelos Portugueses ou por qualquer outro povo transoceânico.

Cinco ou seis léguas dos currais de Duarte Gomes da Sílveira, para o ocidente e sudoeste, fica a terra ou serra da Cupaoba, ou . como outros dizem Ocupaoba (30). Seus montes são mui altos e as suas encostas muito íngremes, e por essa razão o caminho de que se tem servido alguns viajantes curiosos, corre obliquamente ao longo da serra, de sorte que se há de passar um dia inteiro a percorrê-la para se chegar acima. Sendo ai chegado, encontra-se uma planície grande e igual, e tão extensa é que ninguém ainda foi até a outra extremidade. O ar é salubre e mui temperado; e à noite sente-se aí mais frio do que nas regiões inferiores do Brasil, o que é certamente a altura.".

►(Barléu, 1647), possivelmente a serra avistada pela entrada de Elias Herckmans do cimo do 'Steenen Keerberg', pg. 226:

"Observadas do cimo de um monte as campinas circunjacentes, avistou-se a serra de Copaoba, mas distante nove ou dez léguas."


Nota:

Essa serra, no BQPPB denominada 'Çibáaba', possivelmente recebia ou dava sua designação à região - 'COPAĬBA'.

►(Pereira, 1896), pg. 35:

"CUPAOBA —Corrupção de Cuba-ob que quer dizer o que ao longe se estende, o que distante se dilata. É o nome aplicado a uma serrania que se vê ao longe. Pela descrição de Herckman parece referir-se à Borborema ou a algum dos seus contrafortes mais avançados para a costa.".






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "COPAĬBA". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/COPA%C4%ACBA. Data de acesso: 16 de setembro de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página