Ações

Cebiró de Baixo

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


[Cebiró de Baixo]

Engenho de roda d'água com igreja - sem nome no BQPPB - na m.d. do 'Çebirô' (Rio Sibiró).


Natureza: Engenho de roda d'água com igreja.


Mapa: PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ.


Capitania: PARANAMBVCA.


Jurisdição: Distrito de Serinhaém (ou Freguesia de Ipojuca em alguns documentos, Ipojuca noutros).


Nomes históricos: Engenho São Paulo, Engenho Sibiró (Çebirô; Siberó) de Baixo (di Baxo).


Nome atual: Engenho São Paulo - vide mapa IBGE Geocódigo 2607208 IPOJUCA - PE.


Citações:

►Mapa PE-C (IAHGP-Vingboons, 1640) #40 CAPITANIA DE PHARNAMBOCQVE, plotado com o símbolo de engenho, 'Ԑ: SibԐro ∂ĭ ßaxo'.


(Schott, 1636), pg. 64-65:

"Engenho Sibiró de Baixo, pertencente a Francisco Soares Canha, que desde o início tem ficado sob nosso passaporte; esta situado a uma boa milha ao sudoeste do citado engenho Sibiró de Riba e tem cerca de 2 milhas de terra, na qual está uma várzea razoável, mas a maior parte consiste de pastos. Mói com água e pode anualmente fornecer 3.000 a 4.000 arrobas de açúcar e paga de recognição 80 arrobas de açúcar branco, encaixado, levado para o passo do engenho.".


(Nassau-Siegen; Dussen; Keullen - 1638), pg.81:

"Distrito de Serinhaém

1. Engenho Sibiró de Baixo, sob a invocação de São Paulo, pertencente a Francisco Soares Canha, que ficou entre nós e o possui; mói. ".

  • Nota: Este mesmo engenho aparece relacionado na freguesia de Pojuca, como o número 1, à pg. 83.


(Dussen, 1640), pg. 142:

"ENGENHOS DE PERNAMBUCO

Na freguesia de Ipojuca.

1) Engenho Sibiró de Baixo, sob a invocação de São Paulo, pertencente a Francisco Soares Canha, é engenho d'água e mói. São lavradores:

Partido da fazenda 20 tarefas

João Gomes 18

Manuel Pereira Fragoso 15

Jan Tomack 8

João Soares Pinheiro 14

João Lopes 12

Bento da Costa da Cunha 8

______________

95 tarefas".


(Bullestrat, 1642), pg. 154:

"À noite, por volta das 8 horas, cheguei ao Engenho Sibiró de Baixo e aí pernoitei.".


(Relação dos Engenhos, 1655), pg. 237, informando a pensão que este engenho pagava à capitania de Pernambuco:

"Engenhos da freguesia de Ipojuca

...

- E o engenho de Sibiró de Baixo, do Canha, sessenta arrobas de branco, encaixado, posto no passo.".


(Cabral de Mello, 2012):

@ pg. 114, Os engenhos de açúcar do Brasil Holandês, I - Capitania de Pernambuco, Ipojuca:

«1) SIBIRÓ DE BAIXQ. Invocação São Paulo. Sito à margem esquerda do Sibiró. Engenho d'água. Pode ser o engenho que em 1593 pertencia a Sebastião Coelho, o Boas Noites, que ainda o possuía em 1609. Pagava de pensão oitenta arrobas de açúcar branco encaixado e posto no porto do engenho. Tinha "cerca de duas milhas de terra, na qual está uma várzea razoável, mas a maior parte consiste de pastos [...] pode anualmente fornecer 3 mil a 4 mil arrobas de açúcar". Quando da ocupação holandesa, pertencia a Francisco Soares Canha, que permaneceu sob o domínio estrangeiro. Moía em 1637 e 1639, com seis partidos de lavradores que, com o partido da fazenda (vinte), perfaziam 95 tarefas (4750 arrobas). Em 1644, Francisco Soares Canha era falecido e sua viúva, Maria de Menaia, senhoriava o engenho. Em 1645 e 1663, Francisco Soares Canha era devedor de 35363 florins à WIC. Moía em 1655.(73)».

@ pg. 183, Notas:

«(73) FHBH, I, pp. 64-5, 8l, 83, 142, 240; RCCB, pp. 31-2; DN, 3.X.1640, 13.I.1644; "Generale staet", ARA, OWIC, n. 62.».






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Cebiró de Baixo". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Cebir%C3%B3_de_Baixo. Data de acesso: 19 de fevereiro de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página