Ações

Itapoâ (Engenho de roda d'água com igreja)

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


Itapoá

Engenho de roda d'água com igreja na m.d. do 'Paraiba' (Rio Paraíba).


Natureza: Engenho de roda d'água com igreja.


Mapa: PRÆFECTURÆ DE PARAIBA, ET RIO GRANDE.


Capitania: PARAIBA.


Jurisdição: Engenhos da PARAÍBA.


Nomes históricos: Itapoâ (Tapoa, Itapoá, Itapuá, Itapoã, Itaporã, Tapoã), Engenho Santo Antônio.


Nome atual: Fazenda Itapuá.

Vide o mapa IBGE Geocódigo 2513703 SÃO MIGUEL DE TAIPU-PB.

Citações

►Mapa PB (IAHGP-Vingboons, 1640) #49 CAPITANIA DE PARAYBA, plotado como engenho, 'Ԑ. Tapoa'.


►Mapa PB (Orazi, 1698) PROVINCIA DI PARAIBA, plotado como "Tapoa" e símbolo de engenho com igreja, na m.e. do riacho sem nome, afluente m.d. do "R. Parayba".


(Nassau-Siegen; Dussen; Keullen - 1638), pg. 94:

"10. Engenho Santo Antônio, de Antônio de Valadares, presente; é de bois e mói. ".


(Dussen, 1640), pg. 172:

"153) Engenho Santo Antônio em Itaporã, pertencente a Manuel Correia Pestana, é engenho d'água e mói. (*) São lavradores:

Manuel Vaz Varasas (?) 30 tarefas

Belchior Fra. Fagundes 35

Gonçalo da Rocha 14

Antônio de Magalhães 40

___________

119 tarefas

...

(Gonsalves de Mello, 1985), p. 172:

(*) Aqui teria ocorrido um engano: o Engenho Santo Antônio, Tapoã ou Itapoã era de Antônio Correia de Valadares (de bois e mói): ver o "Breve Discurso" (doc. 5) e a "Descrição da Paraíba" de E. Herckmans, Rev. do Instituto Arqueológico e Geográfico Pernambucano nº 31, (Recife, 1886) p. 256. ".


(Herckmans, 1639):

- pg. 21:

"Daqui (presumivel engenho Nossa Senhora de Guadalupe) o rio prolonga-se direitamente (sic) para cima, geralmente ao ocidente e ao oés-sudoeste, até o engenho Tapuá (23), ou Itapuá como alguns dizem. Este engenho levantado e possuído por Antônio de Valadares, é o último e o que se acha situado mais acima no terrotório desta Capitania. É movido a bois.".

- pg. 21-22 :

"... Por junto dele corre um pequeno rio chamado Itapuá, que vai ter no Paraíba. Tira o nome de uma pedra ponteaguda (poi Itapia significa pedra pontuda) que estava defronte deste pequeno rio no Paraíba. A meia légua do engenho (Engenho Itapuá) para o sul se acha uma aldeia de índios que tem o mesmo nome. É aí que o pequeno rio tem seu começo, originando-se de vários veios d'água que se congregam.".

- pg. 50-51, Coutinho, Marcus Odilon Ribeiro, "Notas" :

"(23) Ainda nos dias presentes tem o mesmo nome. Localiza-se Itapuá no município de São Miguel do Taipu. E tornou-se cenário de vários romances de José Lins do Rêgo, que a ele se refere inúmeras vezes em muitos dos seus livros.".


(Sampaio, 1904), pg. 33:

"ITAPOA — aliás Itapoã, que procede de Itá-poã, significando, na verdade, pedra levantada ou erguida e só, por figura, pedra pontuda, como o traduziu Herckman, à pag. 256.".


(Câmara Cascudo, 1956), pg. 219:

"Os quinhentos quilômetros do Paraíba figuram na sexta parte. O rio se apresenta bruscamente, sem serras e lagoas, apenas com afluente da esquerda, o Itapuã, com engenho e uma aldeia selvagem em sua possível cabeceira.".


(Cabral de Mello, 2012):

@ pg. 162-163, Os engenhos de açúcar do Brasil Holandês, III - Capitania da Paraíba:

«9) SANTO ANTÔNIO. Também chamado Itapoá. Sito à margem do riacho homônimo, era o engenho mais ocidental da capitania. Engenho de bois, já safrejava em 1609, pertencendo a Antônio de Valadares, que participara da conquista da Paraíba. Não foi identificado na relação de 1623. O dono permaneceu sob o domínio holandês. Moía de 1635 a 1639, com quatro partidos de lavradores, no total de 119 tarefas (4165 arrobas), sem partido da fazenda. Em 1640, seus canaviais foram incendiados por Vidal de Negreiros. Adquirido por Jorge Homem Pinto posteriormente a 1640. Evacuado em 1646.(9)».

@ pg. 192, Notas:

«(9) RPFB, p. 194; LPGB, p. 303; Vicente do Salvador, História do Brasil, pp. 293-4; FHBH, I, pp. 94, 172; II, pp. 49, 76-7; RCCB, pp. 75, 157; DN, 19.I.1640; Regina Célia Gonçalves, Guerras e açúcares, pp. 189, 247.».






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "Itapoâ (Engenho de roda d'água com igreja)". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Itapo%C3%A2_(Engenho_de_roda_d%27%C3%A1gua_com_igreja). Data de acesso: 31 de março de 2020.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página