Ações

Nossa Senhora do Desterro de Jundiaí

De Atlas Digital da América Lusa

Nossa Senhora do Desterro de Jundiaí

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Nossa Senhora do Desterro de Jundiaí
Populacao > Freguesia
1615 1656
Beneditinos
1630 1808
Jundiaí
Populacao > Vila
1656 1709
Beneditinos
1660 1808
Jundiaí
Populacao > Vila
1709 1718
Jundiaí
Populacao > Vila
1718 1808
por Lana Sato
Este site foi criado em uma Universidade Federal (UnB) e produz conteúdo de qualidade para todos (com a participação de diversos professores de outras instituições federais!).
Valorize esse patrimônio!
Diga não aos cortes!


A Vila de Jundiaí, conhecida também como Vila de Nossa Senhora do Desterro de Jundiaí, foi fundada em 1656 por ordem do Conde de Monsanto, donatário da Capitania de São Vicente [1]. Jundiaí foi a primeira povoação depois de Jaraguá, abrindo espaço para um série de explorações nessa direção [2].

Segundo as Notícias do Bispado do Rio de Janeiro, de 1687, a vila contava com 69 fogos com 309 pessoas de comunhão [3]


Referências

  1. (Araújo, 1820)
  2. BUENO, B. P. S. Dilatação dos confins: caminhos, vilas e cidades na formação da Capitania de São Paulo. Anais do Museu Paulista. São Paulo. N. Sér. v.17. n.2. p. 251-294. jul.- dez. 2009. p. 265
  3. Notícias do Bispado do Rio de Janeiro



Citação deste verbete
Autor do verbete: Lana Sato
Como citar: SATO, Lana. "Nossa Senhora do Desterro de Jundiaí". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Nossa_Senhora_do_Desterro_de_Jundia%C3%AD. Data de acesso: 19 de junho de 2019.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página