Ações

Vila Real do Crato

De Atlas Digital da América Lusa

Vila Real do Crato

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Missão do Miranda
Populacao > Missão
1762 1764
Vila Real do Crato
Populacao > Vila
1764 depois de 1808

O povoamento da Vila do Crato teve início com o processo de catequese e aldeamento dos indígenas Kariris. O aldeamento foi fundado pelo frei Carlos Maria de Ferrara, denominada Missão do Miranda, administrada pelos frades da ordem dos Capuchinhos [1]. O aviso de 17 de junho de 1763, expedido pela secretaria dos Domínios Ultramarinos, autorizou o governador de Pernambuco – Luiz Diogo da Silva – a confiar ao ouvidor do Ceará – Vitoriano Pinto Soares Barbosa – instalação de novas vilas nesta capitania. Em carta de 6 e portaria de 15 de agosto do mesmo ano, Lobo da Silva ordena a criação das vilas de Baturité e Crato, tendo sido ratificadas dita carta e portaria por seu sucessor, o conde de Vila Flor, em carta de 16 de dezembro. Em 21 de junho de 1764 é inaugurada a Vila Real do Crato [2], com o orado de Nossa Senhora da Penha [3].


Referências

  1. IBGE – Cidades
  2. GIRÃO, Raimundo. MARTINS FILHO, Antônio. O ceará. Fortaleza: Editora Fortaleza, 1ª Ed, 1939, pág. 152
  3. AHU – CE



Citação deste verbete
Autor do verbete: Reginaldo Correia
Como citar: CORREIA, Reginaldo. "Vila Real do Crato". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Vila_Real_do_Crato. Data de acesso: 16 de dezembro de 2018.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página