Ações

Vila Velha

De Atlas Digital da América Lusa

Vila Velha

Geometria Ponto

Vila Velha, denominada inicialmente de Vila do Espírito Santo, foi fundada no ano de 1535 junto à chegada de Vasco Fernandes Coutinho, donatário português da capitania, sendo estabelecida, enquanto capital, em confronto direto com as populações indígenas locais. Foram erigidos sistemas de defesa, entre eles fortificações, residências e serviços da Coroa (almoxarifado e feitoria).[1] Nos anos que se transcorreram, formaram-se expedições em busca de ouro e recursos naturais que fomentassem a economia da capitania. Foi mantida enquanto capital até, aproximadamente, o ano de 1550, quando tal condição foi transferida para a ilha de Santo Antônio, futura Vila de Nossa Senhora da Vitória, devido às maiores possibilidades de guarnecimento a possíveis ataques indígenas e estrangeiros.[2] Em carta do Desembargo do Paço, datada de 1534, há a doação da Capitania do Espírito Santo ao donatário Vasco Fernandes Coutinho e concede-se o poder de se elevar a vila qualquer povoação ao longo da costa.[3]


Referências

  1. OLIVEIRA, J. T. História do Estado do Espírito Santo. Vitória: Fundação Cultural do Espírito Santo, 1975. p. 35-38.
  2. OLIVEIRA, J. T. História do Estado do Espírito Santo. Vitória: Fundação Cultural do Espírito Santo, 1975. p. 46-62.
  3. LEAL, J. E. F. Espirito santo: Documentos administrativos coloniais. Vitoria: Fundação J. S. Neves, 1979. p. 17.



Citação deste verbete
Autor do verbete: Vinicius Maluly
Como citar: MALULY, Vinicius. "Vila Velha". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Vila_Velha. Data de acesso: 15 de dezembro de 2018.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página