Ações

Vila de Icó

De Atlas Digital da América Lusa

Vila de Icó

Geometria Ponto

Histórico

Denominação Início Término
Vila de Icó
Populacao > Vila
1738 1808
por Reginaldo Correia
Este site foi criado em uma Universidade Federal (UnB) e produz conteúdo de qualidade para todos (com a participação de diversos professores de outras instituições federais!).
Valorize esse patrimônio!
Diga não aos cortes!


A terceira vila da Capitania do Siará. Moradores da Ribeira do Icó solicitação a criação da vila e apoiada pelo desembargador Marques Cardoso, a criação da vila foi resolvida pela Ordem régia de 17 de outubro de 1735, em consulta do Conselho Ultramarino, mandada por em prática por Provisão de 20 de outubro de 1736, expedida ao Governador e Capitão-General de Pernambuco, sendo a instalação em 4 de maio de 1738, pelo 4º Ouvidor do Ceará Vitorino Pinto da Costa Mendonça [1], com o nome de Arraial da Ribeira dos Icós [2]. Deve-se a fundação a Francisco do Montes e Silva, edificador da capela de Nossa Senhora da Expectação [3], com o orado da mesma [4], posteriormente transformada em matriz, tendo sido criada a freguesia pela Provisão de 6 de abril de 1764 [5].


Referências

  1. GIRÃO, Raimundo. MARTINS FILHO, Antônio. O ceará. Fortaleza: Editora Fortaleza, 1ª Ed, 1939, pág. 208
  2. IBGE – Cidades
  3. No IBGE – Cidades diz que a Capela era dedicada a Nossa Senhora do Ó
  4. AHU – CE
  5. GIRÃO, Raimundo. Pequena História do Ceará. Fortaleza: Imprensa Universitária, 3ª Ed. (revista), 1971, pág. 125



Citação deste verbete
Autor do verbete: Reginaldo Correia
Como citar: CORREIA, Reginaldo. "Vila de Icó". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/Vila_de_Ic%C3%B3. Data de acesso: 21 de outubro de 2019.



Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)

Informar erro nesta página