Ações

N S. de Palma

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


N S. de Palma


Natureza: Engenho de roda d'água

com igreja


Mapa: PRÆFECTURÆ PARANAMBUCÆ PARS BOREALIS, una cum PRÆFECTURA de ITÂMARACÂ


Capitania: PARANAMBVCA

Engenho de roda d'água com igreja, na m.e. do 'Ciriánhaỹa' (Rio Sirinhaem).

Jurisdição: Vila Formosa de Serinhaém.


Nomes históricos: N S. de Palma (Nossa Senhora de Palma; N S di Palma); Engenho da Palma.


Nome atual: Engenho Palma.

Vide mapa do IBGE Geocódigo 2604204 SIRINHAEM-PE.

Citações

►Mapa PE-C (IAHGP-Vingboons, 1640) #40 CAPITANIA DE PHARNAMBOCQVE - plotado com o símbolo de engenho, 'Ԑ: Palma', na m.e. do 'R. SԐrinhajs' - 'Rº. SԐrinhain'.

►Mapa PE (Orazi, 1698) PROVINCIA DI PERNAMBVCO, plotado, 'N S di Palma', na m.e. do 'Cirinhaya' - 'Cirianhaya' - 'Siriânháỹa'.

►(Schott, 1636), pg. 68:

"Engenhos da freguesia de Sirinhaém

28 - Engenho Nossa Senhora da Palma, pertencente a Dona Madanela, viúva de Filipe de Albuquerque. Ao fugir com Matias de Albuquerque deixou apenas o que não podia levar. Este engenho está situado a um quarto de milha distante de Sirinhaém, mói com água e tem cerca de meia milha de terra, com uma boa várzea bem plantada, que, porém, está decaindo cada dia mais, como tudo que pertence ao engenho. Produz anualmente 2.000 a 3.000 arrobas de açúcar e, como os outros, paga de recognição 2 arrobas em cada mil. Na roça, perto do engenho, foram encontrados um negro velho e uma negra. ".

►(Nassau-Siegen; Dussen; Keullen - 1638), pg. 83:

"Distrito de Serinhaém

13. Engenho de Sirinhaém, sob a invocação de Nossa Senhora da Palma. Pertenceu a D. Madanela Pinheira, e lhe foi confiscado por estar ausente. Não tem canas nem dono; não moerá. ".

►(Dussen, 1640), pg. 160:

"ENGENHOS DE PERNAMBUCO

Na jurisdição de Siranhaém

100) Engenho Nossa Senhora da Palma, destruído.".

►(Relação dos Engenhos, 1655), pg. 240-241:

"Engenhos da Vila Formosa de Serinhaém

...

Engenhos a monte e arruinados da vila acima

...

- E o engenho da Palma pagava a mesma pensão.(*)".

(*) pagava duas arrobas de branco por milhar, depois de dizimado.






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "N S. de Palma". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/N_S._de_Palma. Data de acesso: 23 de agosto de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página