Ações

A Caǰuĩbuçu

De Atlas Digital da América Lusa

Coleção Levy Pereira


A Caǰuĩbuçu

Monte na cabeceira do 'Ipoxigoaçǔ' (Rio Poxim), na 'ITAPVÁMA' (região de Itabaiana-SE).


Natureza: monte.


Mapa: PRÆFECTURA DE CIRÎÎĬ, vel SEREGIPPE DEL REY cum Itâpuáma.


Capitania: CIRÎÎĬ.


Nome histórico: A Caǰuĩbuçu; Cajuibuçu.


Nome atual: Serra da Cajaiba.

Monte com cota máxima 480 m, destacando-se na paisagem, em cujo sopé, lado leste, situa-se uma região denominada CAJUEIROS, onde está o povoado de CAJUEIRO, município de Areia Branca-SE.

Este monte está no Parque Nacional Serra de Itabaiana.

  • Nota: Interpreta-se este topônimo como monte, anda que esteja grafado 'A Caǰuĩbuçu', que pode induzir a interpretação diferente, de rio, riacho, o A, como em outros topônimos do BQPPB, significando água, riacho, como em 'A de Boqueĩraon'.


Toponímia:

(Guaraná, 1916), pg. 301:

"CAJAIBA (CAJAHIBA) — Serra no município do Campo do Brito. Braço do rio Cotinguiba. Acayá-yba — árvore: árvore do cajá, cajazeira.".

  • Nota: Atendo-se à grafia do topônimo, A Caǰuĩbuçu = acauiba + açu = cajueiro grande. O nome do povoado no seu sopé pode reforçar essa interpretação, e, ainda, o têrmo acauiú pode ter possivelmente se corrompido em acaiá, cajá.

Citação:

(Câmara Cascudo, 1956):

@ pg. 143:

"Os caminhos partem de S. Cristóvão em várias direções. Para Santa Maria, para S. Gonçalo, para Sirigi del Rei. Sobem até margens do Vasa-Barris. Um, passando por Piranupama (Piramopama) atravessa o Icaperangu, indo acima. Um ramal atinge Ipitanga e Taperagoa, povoações. Eleva-se, indo pelas encostas da região serrana, a Itabaiana, a Itapuama de Barléu, pelo Ipoxiguaçu, antes do Cajuibuçu, entrando pela cordilheira.".

@ pg. 147-148, cita esse monte nos comentários a respeito das cabeceiras do 'Ipoxigauçû' (Rio Poxim):

"Como o Ipoxiguaçu, vai ter aos primeiros contrafortes da Itapuama. Adiante, com o Cajuibuçu alcança a serrania, na porção média exterior, findando em dois riachos formadores. O Ipoxiguaçu possui dois afluentes. Um da esquerda, o Ipoximiri, e um da direita, o Ipitanga.".

  • Nota: O mestre Câmara Cascudo interpreta o 'A Caǰuĩbuçu' como rio.






Citação deste verbete
Autor do verbete: Levy Pereira
Como citar: PEREIRA, Levy. "A Caǰuĩbuçu". In: BiblioAtlas - Biblioteca de Referências do Atlas Digital da América Lusa. Disponível em: http://lhs.unb.br/atlas/A_Ca%C7%B0u%C4%A9bu%C3%A7u. Data de acesso: 23 de outubro de 2019.


Baixe a referência bibliográfica deste verbete usando

BiblioAtlas recomenda o ZOTERO

(clique aqui para saber mais)



Informar erro nesta página